Ministério recomenda amamentação para reduzir dor da vacinação em crianças

O Ministério da Saúde publicou Nota Técnica na qual recomenda o incentivo à amamentação, antes e durante o uso de vacinas injetáveis em crianças, como medida não farmacológica para o manejo da dor.

A orientação é respaldada pela Organização Mundial de Saúde (OMS) e por diversos estudos que apontaram a eficácia da abordagem na redução do desconforto e do estresse durante o procedimento.

Ainda de acordo com a nota, se houver vacinas orais e injetáveis a serem administradas na mesma visita, deve-se começar pela vacina oral, aguardar o aleitamento materno e, em seguida, aplicar a vacina injetável.

Leia na íntegra.

Fonte: Sbim

Compartilhe