Tire suas dúvidas sobre vacinação de pessoas alérgicas

As vacinas estão entre os produtos farmacêuticos mais seguros, mas ainda assim podem acontecer os chamados “eventos adversos pós-vacinação (EAPV)”. O termo se refere a qualquer ocorrência médica indesejável depois da vacinação, mesmo que não tenha sido causada pela vacina. Às vezes, a relação é apenas coincidência temporal. EAPVs graves

União Pró-Vacina produz material sobre como lidar com o negacionismo científico

Thais Cardoso | Orientações de grupo de divulgação científica da USP estão disponíveis no formato de postagens em redes sociais e são baseadas em documento da Organização Mundial da Saúde. “Negacionistas científicos” parece um termo para descrever figuras distantes de nosso cotidiano, quase de um outro mundo. Mas essas pessoas

Ministério da Saúde lança canal para atender população no WhatsApp

Para manter a população e profissionais de saúde informados a respeito do coronavírus, o Ministério da Saúde lança, nesta quinta-feira (26), um canal exclusivo e gratuito no WhatsApp, aplicativo de mensagens pertencente ao Facebook. A ferramenta conta com orientações sobre a doença, sobre o tratamento e até protocolo de atendimento

Santa Catarina confirma mais um caso de febre amarela em humano

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) confirma o segundo caso de febre amarela em humano neste ano. O paciente está internado no Hospital Nereu Ramos, em Florianópolis, unidade referência de infectologia em Santa Catarina. O Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen/SC) confirmou o diagnóstico para a doença no último

Nota Técnica Sarampo: SBR, SBIM, SBI e GEDIIB

ALERTA DA SITUAÇÃO EPIDEMIOLÓGICA DO SARAMPO NO BRASIL E ORIENTAÇÕES QUANTO A VACINAÇÃO DOS PACIENTES COM DOENÇAS IMUNOMEDIADAS (REUMATOLÓGICAS, PSORÍASE E DOENÇA INTESTINAL INFLAMATÓRIA) POSICIONAMENTO DAS SOCIEDADES BRASILEIRAS DE REUMATOLOGIA (SBR), INFECTOLOGIA (SBI), IMUNIZAÇÃO (SBIm) E DO GRUPO ESTUDO DII BRASIL (GEDIIB). Situação epidemiológica atual Nos primeiros três meses de

SC tem os piores índices de vacinação infantil em sete anos

Com dois meses, Dominic já aguarda na fila em um posto de saúde de Florianópolis para fazer as primeiras vacinas obrigatórias depois da maternidade. Os pais sabem da importância das cinco doses que o pequeno está prestes a tomar, que vão protegê-lo contra doenças graves, como paralisia infantil, pneumonia e

Brasil tem 10.274 casos confirmados de sarampo

Desde o início de 2018 até 8 de janeiro de 2019, o Brasil registrou 10.274 casos confirmados de sarampo. Atualmente, o país enfrenta dois surtos da doença: no Amazonas, onde há 9.778 casos e, em Roraima, onde foram contabilizados 355 ocorrências. Casos isolados foram anotados em São Paulo (3), Rio

Adultos que perderam carteira de vacinação devem repetir vacinas

Entre elas estão a tríplice viral, que inclui proteção contra sarampo, hepatites A e B, varicela e tríplice bacteriana; nem todas são oferecidas na rede pública. Adultos que perderam a carteira de vacinação infantil devem receber as  imunizações previstas para aquela faixa etária — 0 aos 10 anos — que

Queda nos índices de vacinação aponta que retorno do sarampo era esperado

Taxas de cobertura vacinal decaem há três anos no país e polêmicas sobre a eficácia das vacinas contribuem para novos surtos Aqueda na cobertura vacinal é uma das explicações para o retorno do sarampo no Brasil. Somente neste ano, o país obteve a confirmação de mais de dez mil casos, de acordo

Pneumonia pode matar 11 milhões de crianças no mundo até 2030

A pneumonia matará quase 11 milhões de crianças menores de cinco anos até 2030 se as tendências atuais forem mantidas, alertaram na segunda-feira (12) especialistas em ocasião do Dia Mundial dedicado a esta infecção pulmonar. De um total de 10,8 milhões de mortes previstas, 1,7 milhão poderiam ser registradas em apenas dois países, Nigéria e Índia,

Febre amarela: risco se aproxima e Ministério alerta para a vacinação

O  período de maior transmissão da febre amarela é de dezembro a março. Regiões metropolitanas do RJ, MG e SP estão entre as áreas sob risco de infecção. A população que mora em áreas recomendadas para a vacina da febre amarela deve buscar a vacinação antes do início do verão, período

SC registra 10 mortes causadas por meningite neste ano

No estado, foram diagnosticados 64 casos da doença. Prevenção e diagnóstico precoce são as melhores formas de combater a enfermidade. Dez pessoas já morreram por causa da meningite em Santa Catarina neste ano, segundo dados da Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Dive-SC). Desde janeiro, foram confirmados 64 casos da doença, que

Não deixe que doenças já erradicadas no país voltem. Vacine-se!

O ditado popular “melhor prevenir do que remediar” se aplica perfeitamente à vacinação. Muitas doenças comuns no Brasil e no mundo deixaram de ser um problema de saúde pública por causa da vacinação massiva da população. Poliomielite, sarampo, rubéola, tétano e coqueluche são só alguns exemplos de doenças comuns no

Entenda por que a vacinação evita doenças e salva vidas

Não deixe que doenças já erradicadas no país voltem. Vacine-se! O ditado popular “melhor prevenir do que remediar” se aplica perfeitamente à vacinação. Muitas doenças comuns no Brasil e no mundo deixaram de ser um problema de saúde pública por causa da vacinação massiva da população. Poliomielite, sarampo, rubéola, tétano

Ministério da Saúde lança serviço de combate à Fake News

Canal no WhatsApp possibilitará que a população consulte se a notícia que recebeu nas redes sociais é verdadeira ou falsa Para combater as Fake News sobre saúde, o Ministério da Saúde, de forma inovadora, abre mais um canal de comunicação com a população. Qualquer cidadão brasileiro poderá adicionar gratuitamente no

Norma técnica sobre Sarampo

Confira a Norma técnica da Sociedade Brasileira de Pediatria, Sociedade Brasileira de Imunizações e Sociedade Brasileira de Infectologia clicando aqui.  

Alerta Campanha de vacinação

Frente aos casos de sarampo e poliomielite caracterizando surto no país, o Ministério da Saúde inicia campanha nesta segunda feira dia 06/08/18. Quem deve receber vacinas? Todas Crianças de 1 a 5 anos devem receber as vacinas contra pólio e sarampo, e pôr as demais vacinas do calendário atualizadas. Até as crianças