Brasil registra casos de sarampo em 88 cidades de 11 estados

Nos últimos 90 dias, foram 1.680 casos e, no ano, 1.845. Ministério diz que a doença já afeta SP, RJ, PE, GO, PR, MA, RN, ES, BA, SE e PI. O Ministério da Saúde anunciou nesta terça-feira (20) que o Brasil tem 1.845 casos de sarampoconfirmados até 18 de agosto. Nos

Por que o Brasil e a Europa estão registrando surtos de sarampo

Taxa de crianças vacinadas no Brasil caiu junto com diminuição da percepção do risco de contrair a doença. Surtos em vários países podem ter ligação com disseminação da falsa relação entre vacinas e autismo. O vírus do sarampo, que havia sido declarado erradicado no Brasil em 2016, voltou a circular no

Após sarampo, rubéola pode ser a próxima doença a voltar ao país

Baixa cobertura vacinal traz risco de retorno de doenças eliminadas; há casos suspeitos no Brasil, mas o último confirmado ocorreu há mais de 20 anos. A baixa cobertura da vacina tríplice viral no Brasil, estimada entre 70% e 80%, abre brecha não apenas para a disseminação da caxumba e do sarampo,

Por que as pessoas estão tomando menos vacina

As baixas taxas de vacinação contribuem para que doenças sob controle voltem a circular no Brasil. Entenda as causas por trás disso e o que fazer. Foi durante uma conversa com uma ordenhadora de vacas que o médico britânico Edward Jenner (1749-1823) teve a brilhante ideia de criar uma vacina contra a

Vacinação: entre a ciência e as fake news

Doenças ressurgem com a queda nos índices de imunização; baixa percepção de risco e crescimento do movimento antivacina estão entre as causas Reportagem: Luiz Felipe Fernandes Produção audiovisual: TV UFG Podcast: Rádio Universitária Edição: Carolina Melo e Kharen Stecca O som que ecoa nas salas de vacinação da unidade de saúde do Setor Pedro

Sarampo é mais perigoso em adultos?

Apesar de ser conhecido com uma doença infantil, o sarampo também tem afetado adultos. Só em São Paulo, o problema já atinge 47% desse público, incluindo jovens. E a explicação para o foco da doença ser essa faixa etária está justamente no histórico da condição no país. Indivíduos dos 20 aos 29 anos

Dive-SC confirma 2ª morte de paciente com febre amarela em 2019

Vítima é um homem de 40 anos morador de Itaiópolis. Ele não tinha registro de vacina na rede pública e morreu no final de junho. A Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Dive-SC) confirmou na noite desta sexta-feira (12) a morte do segundo paciente por febre amarela em Santa Catarina em 2019.